Cataratas do Iguaçu – Parque Brasileiro

O Rio Iguaçu (ou Rio Iguazu, em espanhol) divide o Brasil da Argentina e, bem na fronteira entre os dois países, entra em um desnível que forma várias quedas d’água, conhecidas popularmente como “Cataratas do Iguaçu”.

IMG_4535

Das cerca de 275 cataratas do rio, poucas estão do lado brasileiro. A grande maioria está do lado argentino. A maior delas é a Garganta do Diabo, com aproximadamente 80 metros de altura e 700 metros de comprimento. Continue reading

Advertisements

A Rota Ecológica de Alagoas – São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras

Há tempos o litoral de Alagoas vem ganhando fama de ser o trecho com as praias mais bonitas do Brasil. O local, que fez fama com Maragogi, agora vem ganhando outro ponto de destaque: a região conhecida como São Miguel dos Milagres.

Rota Ecológica – Alagoas

Esse trecho ficou bastante conhecido pelas festas de réveillon realizadas por lá, mas continua bastante calmo e com poucos turistas de fora do estado nas outras épocas do ano.

Também por causa das festas, a região inteira também acaba sendo chamada (pelo menos pelos paulistas) como São Miguel dos Milagres. O nome correto é, na verdade, Rota Ecológica e a região abriga quatro cidades principais: Barra do Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Porto da Rua e Porto de Pedras. Continue reading

Um Feriado Entre Porto de Galinhas, Carneiros e Maragogi

Aproveitando o feriado de quinta-feira em junho, fiz um tour por algumas praias famosas entre o litoral de Pernambuco e Alagoas. Fomos a Porto de Galinhas (só para passar o dia), Praia dos Carneiros e Maragogi.

O roteiro ficou assim:

-quarta à noite: deslocamento São Paulo/Recife. Dormimos em Boa Viagem.

– quinta: Saída cedo de Recife, dia em Porto de Galinhas e deslocamento no final da tarde para Praia dos Carneiros

– sexta: Praia dos Carneiros

– sábado: Maragogi

– domingo: Maragogi. Deslocamento no final da tarde para Recife e volta a São Paulo.

 

Porto de Galinhas

Nós apenas passamos por Porto de Galinhas e, como estava no nosso caminho, decidimos parar para conhecer as piscinas naturais.

Fomos até a Praça das Piscinas Naturais, onde há um guichê da Associação dos Jangadeiros para comprar o passeio de jangada. Eu achei ótimo porque não fica aquela competição entre os barqueiros, todos fazem parte da associação e saem em ordem de fila. Basta você apresentar o ticket que comprou no guichê e eles vão indicar qual barco está saindo. Cada jangada leva até 6 pessoas e o horário do passeio muda a cada dia, de acordo com a tabela da maré (as piscinas só se formam com a maré baixa).

Continue reading

Passeio de Barco em Arraial do Cabo

Aproveitando nossa estadia em Búzios, fomos para Arraial do Cabo. Eu sempre via fotos do mar de lá e ficava impressionada com a beleza, mas a má fama da muvuca das praias sempre me fez deixar a vontade de conhecer pra depois.

Como estaríamos tão pertinho, dessa vez não deixei passar e fui atrás de pesquisar a melhor forma de conhecer a região. Não precisou de muito para decidir que o melhor seria fazer um passeio de barco, por várias razões. Primeiro porque a faixa das praias em si não é o mais bonito do lugar, mas sim o mar. Segundo porque a areia é meio superlotada, principalmente em janeiro, quando iríamos. Terceiro porque, com um passeio de barco, poderíamos passar por vários lugares em uma só tarde, inclusive a Praia do Farol, que não dá pra chegar de carro.

image1

A dúvida agora era: privativo ou regular? Já falei muitas vezes aqui o quanto prefiro sempre optar por passeios Continue reading

Búzios em poucos dias

Nesse começo de ano fui pra Búzios passar 3 dias. Embora seja o mês mais cheio e muvucado, se você tiver disposição para chegar às praias mais cedo e driblar a lotação, janeiro pode significar sol firme e águas mais quentes para aproveitar o mar.

A pousada de Búzios foi a Vila D’Este. Além de ser muito bonitinha e super confortável, tem uma localização excelente no Alto do Humaita, com uma saída de pedestres para a orla Bardot, quase onde ela termina e começa a Rua das Pedras. Essa localização é ótima para deixar o carro guardado à noite e poder sair à pé, sem se preocupar com vagas e bebidas.

image1

Vista da Pousada Vila D’Este

Búzios tem muitas praias e é impossível visitar todas elas com uma só visita curta. A praia mais famosa e com mais estrutura da cidade é Geribá. No canto direito está Continue reading

O Principal de Bonito em 4 Dias

Bonito estava na minha lista de viagens há muito tempo, mas é aquele tipo de destino que você não quer tirar férias para conhecer, mas também acha que um feriado será pouco tempo.

img_0846

Na estrada

Até que um dia recebi um email desses sites de viagens baratas com um preço muito em conta para um pacote de passagem+hotel. Sempre que vejo essas promoções, fico com o radar ligado. Se os sites estão fazendo promoção, é porque provavelmente as passagens estão em conta. Continue reading

Lençóis Maranhenses – Barreirinhas, Santo Amaro e Atins

Os Lençóis Maranhenses são um parque nacional com uma paisagem única no mundo. São dunas de areia espalhadas por quase 155.000 hectares e salpicadas com lagoas de água cristalina.

Fazia muito tempo que eu queria conhecer o lugar, mas não queria gastar férias e sempre ficava difícil conciliar os feriados disponíveis com a época boa de ir para a região.

image3

Uma das muitas lagoas

Melhor Época e Roteiro Continue reading

Alcântara – A Cidade que Parou no Tempo

Pesquisando sobre as atrações de São Luís do Maranhão, quase todos os relatos de viagem indicavam um bate-e-volta para Alcântara. Uma cidade antiga com alguns casarios bem conservados e outros em total ruína? Óbvio que entrou no roteiro.

img_9520-small

img_9551-small

Logo que você chega em Alcântara a sensação é de voltar no tempo. A imensa maioria das casas é em estilo antigo, as ruas são de paralelepípedo e a ausência de pessoas e carros na rua só aumenta a impressão de cidade cenográfica.  Continue reading

São Luís do Maranhão

São Luís do Maranhão foi fundada por franceses em sua origem, mas é só dar uma volta pelo centrinho histórico que as fachadas de azulejos não deixam dúvidas de que foi mesmo colonizada pelos portugueses. E os casarões históricos são o maior charme da cidade.

img_9485-small

Guaraná Jesus e azulejos: chegamos em São Luís!

O centro histórico de São Luís foi restaurado com o projeto Reviver há alguns anos, mas ultimamente há quem reclame que as fachadas estão precisando de uma nova revigorada. Eu, particularmente, acho que uma casa um pouquinho envelhecida tem seu charme e garante à região seu ar histórico. Continue reading

Ilha do Marajó – Território dos Búfalos

Confesso que se você me perguntasse se eu tinha vontade de conhecer a Ilha do Marajó, a resposta seria sim. Se ela estava no topo da minha lista de viagens? Não. Mas no carnaval desse ano alguns amigos acharam uma passagem por um preço imperdível para Belém e a ilha entrou no nosso roteiro de viagem.

IMG_5609

Como Chegar

Chegar até a Ilha do Marajó ficou bem mais fácil Continue reading

Um dia em Belém

Belém é uma cidade que não tem tanta fama turística, mas surpreende quem se dispõe a visitá-la. Eu já tinha estado na cidade há alguns anos atrás, mas passei por ela novamente nesse carnaval, pois é de lá que partem os barcos para a Ilha de Marajó. Aproveitei que meus amigos nunca tinham estado na capital paraense para fazer o tour pelos principais pontos turísticos com eles e confirmamos que a cidade continua linda e muito atraente.

Além das ruas cercadas e sombreadas por mangueiras, Belém tem diversos casarões históricos, alguns muito conservados e lindos, alguns mais destruídos. Muitos desses casarões são decorados com azulejos portugueses.

Embora os principais pontos turísticos fiquem relativamente perto um do outro, Belém é uma cidade extremamente quente e, infelizmente, não tão segura para andar à pé. Optamos, então, por alugar um carro, seja pelo conforto, seja pela segurança.

Começamos nosso dia no FORTE DO CASTELO, que deu início à colonização de Belém. O prédio original era de madeira e palha, mas depois foi substituído pelas construções que estão por lá, do século XVII. Embora não tenha muita coisa para visitar, o lugar é super bem cuidado e oferece bonitas vistas da Baía do Guajará e do Mercado Ver-o-Peso ao fundo. Se estiver de carro, é possível estacionar logo na pracinha em frente ao forte.

IMG_5336 (Small)

Forte do Castelo

Continue reading

As Praias de Pipa

Embora seja mais conhecida como Praia de Pipa, Pipa, na verdade, é um distrito (de Tibau do Sul) com várias praias por perto, além de passeios que permitem explorar regiões próximas da costa do Rio Grande do Norte.

IMG_2487

Como Chegar

Para chegar até lá, a opção mais utilizada é via aeroporto de Natal. A opção menos conhecida é chegar pelo aeroporto de João Pessoa. Continue reading

João Pessoa e o litoral da Paraíba

Apesar de menos famosa do que as vizinhas Recife e Natal, João Pessoa é uma grata surpresa e uma ótima alternativa para roteiros no Nordeste!

litoral

Litoral de João Pessoa – foto da Secretaria de Turismo de João Pessoa (http://www.joaopessoa.pb.gov.br)

Fomos para lá em novembro de 2015 um pouco antes do feriado de 02 de novembro. O motivo principal era visitar alguns parentes, mas, é claro, aproveitamos para explorar ao máximo as atrações da capital da Paraíba. Continue reading

Mangue Seco – Nas Terras de Tieta

Mangue seco é uma praia no norte do Estado da Bahia, quase na divisa com o Estado do Sergipe, que ficou conhecida turisticamente por ter sido o cenário da famosa novela de Tieta, que posteriormente virou filme. As filmagens foram baseadas no livro de Jorge Amado, que se refugiou exatamente naquele local na época da ditadura e escreveu o romance Tieta do Agreste.

IMG_0302

Mas o posto de destino turístico não é merecido apenas pelo interesse cinematográfico/literário. O lugar de dunas branquíssimas, cercado de mar, rio e palmeiras é realmente maravilhoso e de deixar qualquer turista de boca aberta. Continue reading

 A Cidade de Piranhas e A Rota do Cangaço

Piranhas – AL

Como disse no outro post (aqui), embora o ponto mais comum para pernoite de quem decide conhecer os Cânions do Xingó seja Canindé de São Francisco (em Sergipe), nós optamos por nos hospedar na Cidade de Piranhas (em Alagoas).

DSC_7677 (800x534)

A cidade fica a pouco menos de 15 minutos de carro de Canindé do São Francisco, por estrada tranquila e asfaltada, de forma que o acesso à saída dos catamarãs também é super fácil. Por   outro lado, a cidade é super charmosa e vale a pena conhecer. Continue reading

Canions do Xingo (ou do Rio São Francisco)

Os Canions do Xingó (ou Cânions do Rio São Francisco) formam uma paisagem que qualquer país faria a maior propaganda turística, mas que, dentre os tantos lugares lindos que o Brasil tem, fica meio esquecido. Esquecido e até mesmo desconhecido. Acho que 90% das pessoas que me perguntaram para onde eu ia no feriado responderam à minha resposta com algo do tipo “onde é isso”?

IMG_0188 (800x800)

Esse lugar maravilhoso, para o nosso orgulho, fica no Brasil, mais especificamente no Estado do Sergipe, quase na divisa com Alagoas. Aliás, para chegar até lá há duas principais opções: ir de Aracaju ou de Maceió. Do mesmo jeito, as cidades base para o passeio podem ser escolhidas nos dois estados. Continue reading