Tóquio – Treino de Sumô, Teatro Kabuki, Ginza, Templo Senso-ji, Yanaka e Roppongi Hills

Uma coisa que queríamos muito fazer em Tóquio era assistir a uma luta de sumo. O problema é que os campeonatos de sumo ocorrem em Tóquio durante 15 dias apenas nos meses de janeiro, maio e setembro. Caso você esteja lá nessas épocas, vale a pena comprar tickets para o Ryōgoku Kokugikan, também conhecido como Ryougoku Sumo Hall.

Fora dos campeonatos, é difícil conseguir assistir a uma competição. O jeito foi procurar um TREINO DE SUMO aberto ao público para conseguirmos ver um pouquinho dessa atividade tão tradicional.

IMG_2746 (Small)

Lutadores em ação

Na cidade há vários “sumo stables”, que são como pequenas academias onde os lutadores de sumo vivem e treinam. Alguns são fechados, outros permitem visita apenas com uma pessoa que fale japonês e agendamento prévio. A maioria deles fica no bairro de Ryogoku.

IMG_2763 (Small)

Concentração pré luta

O “stable” mais fácil para os turistas é o Arashio, que tem um site com uma parte em inglês (link aqui). Ali há informações sobre os treinos matinais (que ocorrem entre 07:30 e 10:00 am), mas é sempre bom ligar no dia anterior para confirmar se realmente haverá o treino.

IMG_2752 (Small)

Sexys arrumando o local da luta

No Arashio, a sala de treinamento fica no térreo e há uma grande janela, de forma que os turistas podem assistir o treino da rua. Não foi o ideal, mas foi o que conseguimos!

IMG_2771 (Small)

Arashio Stable

Saindo do treino, é legal procurar um restaurante que sirva chanko, a comida típica dos lutadores de sumo. É um tipo de hotpot com vegetais, frutos do mar e vegetais. No bairro de Ryogoku há vários deles.

Saindo do treino de sumo fomos para outra atividade típica japonesa: assistir a uma apresentação de KABUKI. O Kabuki é o tradicional teatro japonês e uma apresentação pode chegar a durar até o dia todo. A não ser que você seja fluente em japonês e tenha muito interesse pela atividade, uma boa forma de ver o que é o Kabuki sem ter que amargar um dia inteiro é nos teatros que vendem ingresso para apenas um (ou mais) ato(s).

O teatro mais famoso de Tóquio é o Kabukiza Theatre, no bairro de Ginza. Ele foi reconstruído diversas vezes, mas sua arquitetura segue o projeto do teatro original. Os tickets para apenas um ato são vendidos só no dia, na bilheteria do teatro, mas não tivemos problemas em comprar já para o horário que chegamos. Nesse site, na parte de news, é possível consultar a agenda do teatro, mas há peças quase todos os dias.  Mais informações (em inglês) sobre a venda de tickets para um ato só estão aqui.

IMG_2805 (Small)

Kabukiza Theatre

Embaixo do teatro há um pequeno shoppinzinho onde são comercializados produtos típicos japoneses e vale a pena a passadinha pós espetáculo.

IMG_2794 (Small)

Lojinha do teatro e Karine e eu ARREBENTANDO nos chinelinhos (de salto!) tradicionais do Kabuki hehehe

Aproveite que estará por no BAIRRO DE GINZA para conhecer as redondezas. Um dos distritos mais modernos de Tóquio, Ginza se destaca pelas lojas de luxo. Ali também fica uma das melhores lojas de departamento da cidade, a Mitsukoshi.

O cruzamento mais famoso é o das avenidas Chuo e Harumi Dori, onde fica o edifício Wako Building, símbolo do bairro, construído em 1932, com uma torre de relógio (Seiko, obvio!) no topo. Ali também fica a Estação Ginza do metrô (não servida pela JR).

IMG_3235 (Small)

3005_map_ginza_1605

Mapa de Ginza do site japan-guide

Outro ponto de interesse no bairro é o prédio da Sony, onde há diversos showrooms e onde são vendidos os lançamentos da marca.

Para finalizar nosso dia, fomos visitar um dos templos mais famosos de Tóquio, o TEMPLO SENSO-JI (ou Templo Asakusa Kannon). Segundo a lenda, dois irmãos pescaram a imagem da Deusa Kannon e, embora a tenham devolvido ao Rio Sumida, ela sempre voltava para eles. Assim, o templo foi construído num local próximo, em homenagem à deusa. Finalizado em 645, é o templo mais antigo da cidade.

IMG_2816 (Small)

Senso-ji

O destaque do templo é a grande lanterna vermelha pendurada na entrada do hall principal e a pagoda de cinco andares que fica meio à esquerda de quem olha para ele.

IMG_2828 (Small)

IMG_2821 (Small)

Entretanto, não espere do templo a paz dos templos japoneses. O templo é lotado o tempo todo de turistas e logo em frente a ele está a rua Nakamise Street, uma rua de pedestres pequena cheia de lojinhas com todos os tipos de souvenires (bons e porcarias) que um turista pode sonhar. Ali também há várias lojas de doces japoneses, vale a pena provar!

IMG_2820 (Small)

Nakamise Street sempre cheia

Como ainda estava claro, aproveitamos para incluir uma visita que não estava no nosso roteiro original: o BAIRRO DE YANAKA, também famoso na época da sakura por ter muitas árvores cerejeiras. Caso esteja lá nessa época, a alameda que corta o Cemitério de Yanaka fica linda toda florida. A estação de metrô é a Nippori, servida pela JR (Yamanote Line).

IMG_2849 (Small)

Cerejeiras em Yanaka

Além da alameda, o bairro é conhecido pela atmosfera “shitamachi” (termo que eles usam para designar áreas que se parecem com Tóquio antiga) e pela rua de comércio Yanaka Ginza.

IMG_2853 (Small)

Arquitetura tradicional em Yanaka

No final do dia fomos para ROPPONGI HILLS, um complexo moderno de prédios com apartamentos, escritórios, museu e outras coisas. Nosso interesse era o Mori Buinding, o mais alto deles, especificamente porque no seu topo há um observatório de onde é possível ver Tóquio bem do alto. O observatório é 360 graus e meu ângulo preferido foi o que aparece a Tokyo Tower (espécie de Torre Eiffel japonesa).

IMG_2884 (Small)

É considerada uma das melhores vistas da cidade e realmente foi o lugar mais bonito que subimos.

IMG_2868 (Small)

Veja também:
Tóquio – Informações Práticas
Tóquio – Parque Ueno, Parque Yoyogi, Shinjuku e Lojas de Departamento
Tóquio – Tsukiji Fish Market, Shibuya Crossing e Genki Sushi
Tóquio – Imperial Palace, Templo Zozo-ji, Tokyo Tower, Akihabara
Tóquio – Omotesando e Harajuku

Advertisements

5 thoughts on “Tóquio – Treino de Sumô, Teatro Kabuki, Ginza, Templo Senso-ji, Yanaka e Roppongi Hills

  1. Pingback: Tóquio – Omotesando e Harajuku | Diários de Férias

  2. Pingback: Tóquio – Informações Práticas | Diários de Férias

  3. Pingback: Tóquio – Imperial Palace, Templo Zozo-ji, Tokyo Tower e Akihabara | Diários de Férias

  4. Pingback: Tóquio – Tsukiji Fish Market, Shibuya Crossing e Genki Sushi | Diários de Férias

  5. Pingback: Tóquio – Parque Ueno, Parque Yoyogi, Shinjuku e as Lojas de Departamento | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s