A surpreendente Valparaíso

Valparaíso, ou Valpo – como é carinhosa chamada! – fica a 120km de Santiago e não pode deixar de ser incluída no seu roteiro chileno.

valpo6

Decidi ir para lá sozinha, já que as excursões eram caras e o esquema de fazer tudo correndo e praticamente sem descer do ônibus não me agradava muito.

Assim, peguei o ônibus da Estação Terminal (em frente ao metrô Universidade de Santiago – linha 1) da empresa Turbus. A empresa Pullman também faz o trajeto e há saídas a cada 15 minutos.  A viagem dura cerca de duas horas.

Quando cheguei na cidade, fui direto fazer o Free Walking Tour às 10h, em espanhol (tem outra saída às 15h). Foram três horas passando pelos principais pontos turísticos e me encantando com cada esquina da cidade.

só uma observação para quem chegar de ônibus: a rodoviária fica em uma parte bem feia da cidade. A maior graça é na parte alta, acessada por meio de ‘ascensores’ e funiculares.

São inúmeros os grafites espalhados nas ruelas e escadas de Valparaíso.

Obs Maíra: eu fui para Valparaíso de carro numa conexão de dia de Natal e nada estava aberto (contei aqui), então não consegui fazer o walking tour dos grafites recomendado pelo Tripadvisor (aqui) e nem visitar a La Sebastiana. Acabei tendo que fazer meio por conta própria e não encontrei muitas informações sobre os grafites na internet. 

Caso você esteja na mesma situação que eu, não deixaria de passar pela Calle San Enrique e ruas próximas a ela, onde há vários grafites bem bonitos.

IMG_1308 (Small)

CAlle San Enrique

Também não deixaria de passar pela Calle Fischer, uma ruazinha de pedestres super estilosa!

IMG_1321 (Small)

Calle Fischer

Por fim, da Praça do Liceo Pedro Mont há uma vista bem bonita de Valparaíso de cima!

IMG_1286 (Small)

Vaparaíso vista da Praça Liceo Pedro Mont

Caso o mapa não abra, clique aqui.  

Acabei comendo uma empanada no final do tour e não tive fome para ir conhecer o famoso Pasta y Vino, que havia sido muito bem recomendado por amigos.

Por fim, peguei um ônibus para ir até a La Sebastiana, uma das casas de Pablo Neruda (informações sobre preços e horários, veja o site oficial clicando aqui). Há ‘colectivos’ (taxis compartilhados) que também fazem o percurso para lá, um pouco afastada do centro.

la sebastiana

Obs.: são três casas onde viveu o poeta Pablo Neruda que foram transformadas em museu: La Chascona em Santiago, a de Isla Negra e esta em Valparaíso. 

Uma vez estando na cidade, vale a pena ir conhecer a casa, cheia de objetos pessoais do Poeta, e apreciar a vista incrível que ele tinha do seu quarto.

IMG_4179

Pertinho do La Sebastiana, há um “museu a céu aberto” com mais grafites expostos pelas ruas.

Eu gostei tanto de Valparaíso que acabei não tendo tempo de conhecer Vina Del Mar no “bate e volta” que fiz de Santiago e me arrependi de não ter dormido por lá – como se trata de uma cidade universitária e cheia de turistas, dizem que a noite costuma ser animada. Uma pena, mas fica a desculpa para um dia voltar para lá!

Obs Maíra: realmente, Viña del Mar fica pertinho de Valparaíso e bastante gente opta por fazer as duas no mesmo dia. Para quem estiver de carro, são só 8kms pela Avenida Espanha. Para quem estiver de ônibus, é possível fazer o trajeto tanto por metrô, como por ônibus de linha. O post de Viña del Mar está aqui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s