Halong Bay

Um dos passeios mais famosos para quem vai ao Vietnã é fazer o Cruzeiro em Halong Bay e não é para menos: a baía que conta com mais de 2 mil ilhas e ilhotas foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco em 1993 e eleita uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo.

QUANDO IR? Halong tem duas estações principais: verão (junho a setembro) – quente e com bastante possibilidade de chuva – e inverno (dezembro a março) – frio e seco. Por isso, a época mais recomendável é primavera (março a junho) e outono (setembro a dezembro). Contudo, eu fui em novembro e peguei chuva. Não inviabilizou nenhum passeio, mas, infelizmente, a paisagem ficou encoberta e não tão bonita como nas fotos clássicas que vemos de lá.

QUANTO TEMPO FICAR? Há cruzeiros de um, dois ou três dias. Optei pela opção intermediária (dois dias, uma noite) e achei ideal, ainda mais porque acordar na embarcação de frente para essa paisagem única é um dos pontos altos da viagem, e acho que o passeio de um dia só muito corrido – ainda mais considerando que o porto de Halong bay fica bem afastado de Hanói. De outro lado, ficando mais tempo é possível conhecer cavernas mais distantes e não tão cheias, mas pra mim, dois dias foi o suficiente.

COMO IR? São diversas empresas que oferecem o passeio e com diferentes opções de embarcação – nós fechamos com uma que tinha ouvido falar bem, chamada South Pacific Travel  e pagamos 30% ainda no Brasil, por meio de cartão de crédito e o restante na hora, em dinheiro. Mas é possível escolher umas das várias agências nas ruas de Hanoi ou até no próprio hotel em que ficar hospedado. Opções não faltam – e há de tudo que é preço.

Ficamos hospedados em um pequeno cruzeiro chamado “Phoenix”, com cerca de 10 quartos, e achei ótimo – a suíte era muito boa e as refeições (incluídas no preço, exceto as bebidas) também, ainda mais porque foi servido um “menu degustação”, que nos permitiu provar diversas comidas locais.

blog 8

Normalmente, no preço do pacote inclui o transfer em um mini-ônibus de Hanói até Halong Bay. Apesar de a distância ser relativamente curta (cerca de 160 km), o trajeto leva cerca de quatro horas, o que faz a viagem (e principalmente a volta) ser um pouco cansativa.

PASSEIOS: No primeiro dia, após o almoço no cruzeiro, foi proposto um passeio de caiaque entre as ilhas. Em seguida, fomos até a praia, na qual a principal atração era subir até o mirante e admirar a vista da baía. Quando fui, o céu estava bastante encoberto e, por isso, a paisagem não me pareceu tudo aquilo que eu imaginava. Mas, em compensação, me encantei pela vista que tive no cair da noite do próprio barco.

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

No dia seguinte, fomos a caverna Sung Sot Cave (“Surprise Cave”), formada por três grutas de tamanhos crescentes, repletas de milhares de estalactites e estalagmites. A formações rochosas são iluminadas por holofotes coloridos – eu achei um tanto quanto turístico demais, mas não dá pra negar a beleza do lugar. Na saída da caverna, a vista da baía ainda conseguiu me surpreender (achei até mais bonita do que a do mirante da praia!)

??????????????????????????????? blog 10

Na volta, tivemos uma aula de culinária para aprendermos a fazer nossos próprios rolinhos primavera – que seriam servidos no nosso último almoço acompanhados, ainda bem, de outros pratos mais bem preparados!rs

Após o almoço, era volta de voltar. Pegamos o ônibus e chegamos em Hanói por volta das 16h, ainda em tempo de dar uma última volta pela cidade antes de embarcamos para Ho Chi Ming City (cujo relato você pode ler aqui!).

VALE A PENA? Antes de viajar, eu tinha lido muitos relatos de pessoas que se decepcionaram com o passeio de Halong Bay, que falaram que o visual das praias da Tailândia era bem mais bonita, etc. Eu achei o lugar diferente de tudo que visitei; a quantidade de ilhas e ilhotas de calcário formam uma paisagem única e surpreendente – e olha que quando fui o tempo não ajudou muito! Além disso, achei incrível a experiência de dormir e acordar no cruzeiro, de abrir a janela do quarto e se deparar com aquela vista. Em suma: achei que o passeio vale muito a pena e recomendo.

Advertisements

One thought on “Halong Bay

  1. Pingback: Vietnã – Ho Chi Minh e Túneis de Cu Chi | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s