Dicas do Final de Semana – Para Relaxar em SP

Que São Paulo é uma cidade cansativa e que o ritmo de vida de seus habitantes acaba gerando estresse em quase 100% da população todo mundo já sabe.

No entanto, a cidade oferece diversas formas de relaxar durante o final de semana. Cada um pode escolher o que melhor lhe agrade, mas, caso esteja à procura de dicas, uma massagem pode ser um ótimo jeito de ficar zen em um curto período de tempo.

A primeira dica é a rede Luiza Sato. Eu sempre fui fã fiel do shiatsu de lá, já tinha experimentado massagens em muitos outros lugares e achava que nada batia a técnica e profissionalismo dos massagistas da rede. 

Apesar da maioria das unidades ser simples nas partes “comuns” (leia-se, sem muitas frescuras), as salas de massagem são bem confortáveis. Outro ponto positivo é que, como são várias unidades, é fácil achar uma mais perto e você.

Assim que você chega no local escolhido, deixa seus sapatos nas estantes das recepções e pega um dos chinelos oferecidos (às vezes, é meio complicado achar um que caiba perfeitamente no seu pé).

Na sala de espera, as poltronas são bem confortáveis. Eles dão chá, missoshiro, biscoitinhos e você já começa a abaixar o ritmo, com as músicas japonesas que tocam.

IMG_6171 (800x600)

Luiza Sato – Sala de Espera da Unidade Jardim Europa

Sempre pontualmente, seu massagista vai te buscar e te encaminha para a sua sala. Lá dentro, fica um conjunto de malha, que você coloca no lugar das suas roupas. Qualquer massagem começa sentado na cadeira, com um escalda pés e uma massagem nos ombros. Depois passa-se à cama e a massagem escolhida começa.

Recomendo muito o shiatsu de 1h ou 1:30h, feito com uma técnica precisa e bolsas de água quente.  Como a técnica é de massagem forte, quem não gosta pode pedir para a massagem ser feita mais fraca ou escolher outro tipo. Durante a massagem, nunca me sinto tão confortável, porque o shiatsu é dolorido mesmo, mas depois as costas saem muito soltas, uma delícia.

Outra massagem sensacional do lugar é a reflexologia. Essa é difícil terminar acordado.

Entretanto, minha fidelidade na rede foi abalada quando ganhei de presente uma massagem no Kennzur Spa, a segunda dica desse post.

Já tinha ouvido falar do lugar e, como gosto de massagem forte, estava há tempos para marcar a Deep Tissue deles. Mas meu vale presente veio com a massagem Kennzur (eles chamam de vivência despertar), de assinatura do lugar, e resolvi experimentar aquela mesmo.

Como o spa fica de costas para o Parque Ibirapuera, a arquitetura e o paisagismo são um ponto forte. Assim que você chega, pega uma chave na recepção e é encaminhado ao vestiário, onde está seu armário com tudo já separado: chinelos havaiana do seu número, biquíni descartável e roupão (se for sua primeira vez, na hora de marcar o horário por telefone eles já te perguntam número do calçado e roupa).

IMG_6064 (800x800)

Área Externa do Kennzur

Você sai do vestiário direto para a sala de descanso, que dá para uma área aberta bem bonita. Na sala de descanso, tem chá e água e você fica por lá até seu massagista te pegar e te levar para a sala de massagem.

IMG_6062 (800x800)

Kennzur – Sala de Espera

Aí todas as massagens seguem o mesmo roteiro. Já acomodado numa cadeira, você recebe um escalda pés, enquanto a massagista te serve um chá e te ajuda a escolher o aroma a ser usado junto com a massagem. Tudo escolhido, deita-se na cama para a massagem em si, que é realizada com a trilha sonora selecionada para a vivência e o aromas selecionado por você.

A Kennzur para mim foi perfeita. Dura 1:30h e, como eu falei que gostava de massagem forte, a massagista deixou a mão bem pesada. Mesmo assim, diferente do shiatsu, dá para relaxar durante a própria massagem, porque os movimentos são de deslizamento. No fim da massagem em cada parte do corpo, ela envolve uma toalha quente, que deixa tudo ainda mais confortável.

Eu amei o spa e voltei outras vezes. Testei, inclusive, a Deep Tissue, mas mesmo amando coisa forte, achei forte demais. Durante toda a massagem fiquei super tensa, não gostei. Na minha opinião, a Kennzur é na medida e pode agradar a gregos e troianos, dependendo da força a ser aplicada.

Todos os mimos do spa têm um custo, literalmente. A massagem é bem mais cara que a da Luiza Sato, mas vale a pena conhecer, nem que seja só uma vez.

Qualquer um dos lugares que você escolher, não vai se arrepender. É uma ótima opção para deixar de lado o estresse da semana. Se quiser investir mais ou até levar alguém especial, ambos os spas (a rede Luiza Sato conta com um SPA em Perdizes) também têm opção de day spa.

Vai lá:

Luiza Sato
Várias unidades ( uso a do Jardim Europa).
Spa – R. Ministro Godói, 452, Perdizes. (11) 3672-8704 / 3672-4464

Kennzur Spa
Av. Republica do LÍbano, 577, Ibirapuera. (11) 2348-1200.

Advertisements

One thought on “Dicas do Final de Semana – Para Relaxar em SP

  1. Pingback: Dica do Final de Semana | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s