Rota de Vinhos – Cidade do Cabo

Degustação de vinhos não é algo que se imagina fazer na África, certo? Errado. Quem entende de vinhos ou só gosta de tomá-los (meu caso) certamente já ouviu falar dos vinhos da África do Sul.

Eu, particularmente, gostei de todos que vinhos africanos que provei. Não entendo muito de taninos ou harmonizações, só sei que gostei do sabor e ponto. Rsrsrs.

Ainda que não se esteja planejando uma visita às vinícolas, vale a pena provar em algum restaurante o vinho da uva Pinotage, uma uva híbrida (mistura de Pinot Noir e Hermitage), considerada símbolo da indústria de vinhos sul-africana. Os mais entendidos não gostam muito dela, mas, sendo algo típico da região, acho que vale a pena provar!

A Cidade do Cabo é a porta de entrada para a região vinícola do País. São inúmeras espalhadas pela região que podem render uns bons dias de viagem totalmente enogastronômica para quem gosta e tem interesse, ou passeios mais rapidinhos – mas não menos interessantes – pra quem só quer conhecer um pouco da produção dos premiados vinhos da região.

Se tiver interesse em conhecer mais detalhadamente, segue o mapinha das rotas:

cidades vinicolas Cape Town

A rota tradicional para quem tem mais tempo passa por Stelenbosch, Franschhoek e Paarl. As mais rapidinhas passam por duas delas ou apenas por uma + Constantia. Todas estão bem próximas da cidade, no máximo a 1 hora de carro.

A grande maioria das vinícolas é aberta à visitação, cobrando apenas uma taxa que não costuma ser cara (~R$10,00 em out/2009) e, nos tours contratados, normalmente já está inclusa. Na época de colheita (entre fevereiro e março) as vinícolas também oferecem pacotes que incluem a experiência de colher as uvas e até preparar o próprio vinho. Fomos em outubro, o tempo estava gostoso, mas não tinha uma mísera uva pra colher, de qualquer forma, prefiro mesmo deixar esse negócio de fazer vinho pra quem sabe!

Quase todas as vinícolas também têm seu próprio restaurante e pousadas para quem está fazendo toda a rota ou não quer voltar dirigindo para casa/hotel.

A região mais próxima de Cape Town é Constantia, a apenas 20 minutos do centro, o vale é praticamente uma extensão da Table Mountain. O ônibus turisticão básico de 2 andares leva até lá! A Maíra já falou um pouco sobre lá aqui.

Fomos para Stelenbosch. É uma cidade super bonitinha que conta com mais de 300 vinhedos. A cidade é universitária e cheia de construções históricas de arquitetura holandesa. Vale a pena fazer uma pausa para dar uma volta a pé pelo centro da cidade, que gira em torno da indústria de vinhos.

DSC00996 DSC00993  DSC01001

As vinícolas parecem cenário de filme e são muitos disputadas para realização de casamentos.

DSC01009

Vínicolas recomendadas em Stelenbosch:

Tokara: tem uma exposição de quadros pintados com vinho tinto.

Boschendal: oferece cestas de piqueniques para sentar e relaxar em qualquer dos pontos da gigantesca fazenda

Beyerskloof: cheia de vinhos premiados a preços bons!

tokara Sem título DSC01007

vinhos

Não fomos nas demais regiões vinícolas porque fizemos um passeio de apenas um dia, mas deixamos anotadas as dicas dadas pelo guia sobre as vinícolas em Franschhoek e em Paarl:

Franschhoek

Vrede en Lust

La Motte Estate

 Paarl:

– Nederburg

Plaisir de Merle

Advertisements

One thought on “Rota de Vinhos – Cidade do Cabo

  1. Pingback: Roteiro Pela Cidade do Cabo | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s