Miami Fora da Rota de Compras

No feriado de 15/nov do ano passado aproveitei pra dar uma esticadinha até Miami e passar o feriado na cidade.

Apesar de adorar uma comprinha, não sou fã de viagens que tenham isso como objetivo. Como não sou de ferro, até passei uma tarde no Aventura Mall, fui a vários supermercados e farmácias americanas (que amo), bati cartão na Best Buy. Mas esse não foi, de longe, o objetivo da viagem e aproveitei que Miami está de cara nova de uns tempos pra cá pra irmos a alguns restaurantes e fazer outras programações legais pela cidade.

Fica aqui, então, algumas dicas do que fazer quando estiver cansado de comprar hehehe. Não pretendo de jeito nenhum fazer um mega guia da cidade, até porque tem muita gente que vai pra lá com muito mais frequência que eu! São apenas coisas que conheço e resolvi dividir por aqui.

Ultimamente, abriram muitos restaurantes legais pela cidade. Alguns dos mais conhecidos são:

Barton G. O restaurante, de tanto sucesso, já tem duas unidades em Miami. É tudo super diferente. Alguns drinks são resfriados no Nitrogênio e as comidas são servidas de uma forma bem divertida. O Mac n’ Cheese, por exemplo, vem numa ratoeira. O foundue de chocolate, numa cascata. Muito legal!

Casa Tua. É um restaurante italiano bem famoso na cidade e tem um ambiente lindo! É bom tanto pra almoçar como pra jantar, mas eu prefiro a primeira opção.

Carpaccio’s. Também italiano, fica dentro do Bal Harbour e é gostoso pra almoçar (ou só comer o carpaccio delícia deles) se estiver ali no shopping.

Cecconi’s. Confesso que não acho a comida do Cecconi`s a melhor do mundo, mas a parte aberta com árvores cheias de luzinhas de natal dá vontade de voltar sempre. É bom tanto pra almoço como para jantar, mas no jantar a iluminação tem um charme extra. De domingo, eles também servem brunch.

3000c8f

Hakkasan. É meu chinês preferido! O pato laqueado com manga é muito bom!! Em Miami, o restaurante fica dentro do Hotel Fontainebleau e tem uma decoração lindíssima. Pra não ir dormir, a LIV fica no mesmo hotel.

3000c8b

 – J&G Grill. Outra opção pra quem está no Bal Harbour, fica logo em frente, no Hotel St. Regis. A comida é bem gostosa e a vista da praia é linda!

Jonny Rockets. É uma lanchonete que não tem nada demais. Não é badalada nem nada, mas o milk shake de Oreo deles é o melhor do mundo!! Fui entrar no site pra colocar aqui e descobri que existe no Brasil. Agora me segura rsrs!!

Milk

Juvia. Desde que abriu, o Juvia tem feito bastante sucesso em Miami. Fica no topo de um prédio na região da Lincoln Road, com uma vista bem legal da cidade. Bom pra almoçar e jantar!

Mr. Chow. Orestaurante chinês londrino tem um endereço dentro do W Miami. É uma delícia! Se quiser estender a noite, dá pra domar uns drinks no bar do hotel e depois ir pra The Wall, que também fica por lá.

Nobu. Apesar de muita gente preferir o Zuma por causa do barulho do Nobu (é meio barulhento mesmo), sou fã da comida (japonesa) dos restaurantes dessa rede!

Nobu

Shake Shack. Outra lanchonete, essa mais famosinha. Também fica na região da Lincoln Road e é bem gorda e gostosa!

SS

Smith & Wollensky.Steakhouse super tradicional em Miami, recomendo que pegue uma mesa ao lado de fora.

Zuma. Também japonês e super bem recomendado. Divide com o Nobu o posto de melhores japoneses da cidade.

Vários restaurantes podem ser reservados pelo site Open Table, que funciona super bem.

Ainda falando em comida, é muito legal comer nos foodtrucks. Nesse site aqui dá pra acompanhar a agenda e descobrir o local onde eles estarão reunidos.

Obs. Débora: ainda sobre o mesmo tema: comer e beber!rs Em South Beach tem a Espanõla Way, uma rua de pedestres que eu gostei bastante! São vários restaurantes e bares com mesas na calçada num clima mais descontraído. É pertinho da Lincoln Street, entre as 14th e 15th Street.

Além dos restaurantes, tem se destacado bastante o Design District. Antigamente decadente, o bairro se transformou com o surgimento de diversas galerias de arte, lojas de decoração, restaurantes e cafés. Hoje em dia, algumas lojas de marca também abriram por lá. O guia do bairro está aqui.

Também vale a pena visitar as Wynwood Walls, paredes grafitadas que ficam na NW 2nd Avenue, entre a 25th e a 26th Streets.

Símbolo de Miami Beach, a Ocean Drive tem vários prédios em artdeco e é legal tanto para passear de dia, quanto para tomar uns drinks em algum dos muito bares à noite.

Outra região gostosa pra passear é a da Lincoln Road (onde ficam o Juvia e o Shake Shak). É um calçadão de pedestres, com muitas multimarcas e lojas legais, como a Anthropologie.

Se estiver calor, curtir a praia também é um ótimo programa. Dá pra alugar desde um guarda sol e uma cadeira num lugar mais tranquilo até tomar sol no animado Nikki Beach. A ilha de Key Biscayne também tem praias ótimas. Pra chegar, é só pegar a Rickenbacker Causeway, que já é uma atração em si, com 6km de pistas suspensas sobre o mar.

Minha última dica de programa é assistir a um jogo de basquete do Miami Heats na American Airlines Arena. É bem animado! Dá pra comprar os tickets aqui.

3000c91

Advertisements

2 thoughts on “Miami Fora da Rota de Compras

  1. Pingback: O Que Vem Por Aí … | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s