Pokhara

???????????????????????????????

De Chitwan, eu e o guia da agência que havia contratado pegamos um ônibus que, num calor absurdo, nos levaria em cinco horas até Pokhara, de onde partiríamos para iniciar meu trekking (faria o Ghorepani Poon Hill Trek, até o pé do Himalaia).

Pokhara é cidade base para diversos trekkings e, por isso, além de ser bastante cheia de turistas, é repleta de lojas vendendo e alugando tudo que fosse preciso para quem fosse fazer o esporte. Há, também, diversas agências que oferecem os pacotes para o trekking. Mas tudo isso com uma tranquilidade bem diferente do caos de Kathmandu.

O passeio mais típico da cidade é pegar uma canoa e ia até o templo Barahi, no meio do lago Phewa, o segundo maior do Nepal. Mas, pra mim, o melhor não era nem chegar ao templo; era poder olhar para o lado e ver o Himalaia despontando por detrás das montanhas.

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

???????????????????????????????

Depois, é praticamente obrigatório o passeio de canoa até a outra margem do rio, onde começa a trilha até o topo de uma montanha onde está a “World Peace Pagoda” – uma estupa feita para disseminar a paz mundial e que fica a mais de mil metros de altura. Mas a vista que se tem lá de cima é recompensadora.

29  ??????????????????????????????? ???????????????????????????????

A cidade conta também com vários restaurantes (que servem peixes ótimos) e, como no resto do Nepal, a um preço ainda melhor – gastava, em média, o equivalente a seis dólares em uma refeição.

um dos restaurantes a beira do lago

Restaurante T’hic T’hak em Pokhara: refeição completa por 6 dólares

 Fiquei hospedada no hotel Lake Star. Mas não gostei. Primeiro porque fiquei no 6º andar e não tinha elevador. Ele também não era tão perto assim do centro (uns 15 minutos a pé – mas a noite, ficava bem escuro e fazia a distância se tornar um inconveniente) e limpeza também não era seu ponto forte. Mas, o pior ainda foi o gerente – mas aí acho que foi um “bônus” por eu estar sozinha e ser mulher: tinha que ouvir cantadas sem graça e risadinhas desnecessárias. Mas um ponto favorável (pra não ser injusta!rs) – o hotel contava com gerador e, considerando que a luz na cidade acabava diversas vezes, era um fator importante.

o hotel em que fiquei…e que não recomendo!

Mas, infelizmente, minha única tristeza com Pohkara não se limitou ao hotel. No segundo dia em que estava lá, começou uma greve geral no país, por uma questão política em torno da mudança da Constituição. Os ônibus e carros pararam de circular e todas as lojas fecharam – só conseguia almoçar em restaurantes funcionando a meia luz para não chamar atenção. Achei que só teria que adiar o início do trekking por um dia – mas a greve durou três.

Até outras atrações da cidade, com a cachoeira conhecida como Pokhara Devi’s Fall Nepal estavam com o acesso interditado. Consegui alugar uma bicicleta de uma menina local para conhecer melhor a região, mas a parte mais bonita era em torno do rio; mais para o interior da cidade, era só pobreza e muita sujeira.

a pobreza e sujeira no caminho de volta à Kathmandu

Quando a greve encerrou, apesar de ainda admirada com as paisagens da região, eu tinha começado a ficar um pouco decepcionada com o Nepal e preocupada com a possibilidade de a greve voltar nos próximos dias e eu, quando precisasse, sequer conseguir chegar ao aeroporto por falta de transporte. Desisti do trekking e decidi ir embora do país. Voltei para Kathmandu (mais seis horas sofríveis de ônibus pra atravessar uma distância de cerca de 200km) e alterei, com muito custo, meu voo de volta para a Europa. O final da minha viagem, infelizmente, não foi como eu esperava – mas tudo bem, fica a desculpa de um dia voltar e fazer o trekking que eu não fiz.

Final da tarde em Pokhara

Advertisements

One thought on “Pokhara

  1. Pingback: O Que Vem Por Aí … | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s