Nosso Roteiro do Jalapão

Decidimos aproveitar esse feriado de Corpus Christi para conhecer o Jalapão. No total, ficamos 3 dias inteiros na região, o que foi suficiente para conhecer todas as principais atrações turísticas do lugar. As dicas de planejamento estão aqui.

Mapinha (582x800)

Pegamos um voo saindo de São Paulo na quarta (18/06) à noite, chegando em Palmas às 24:00. Nosso guia já nos buscou no aeroporto e nos levou direto para Ponte Alta, onde dormimos a primeira noite.

1º  Dia

O post completo com os passeios está aqui.

Na quinta, saímos para fazer os passeios próximos a Ponte Alta – não estão no mapa acima, que traz somente os passeios entre Ponte Alta e Mateiros. Passamos pela Pedra Furada, Cachoeira do Soninho, Banho no Rio Soninho e Cachoeira da Fumaça.  Voltamos para dormir a segunda noite em Ponte Alta.

A cidade não tem muito o que fazer à noite. São 3 principais restaurantes. O Espeto do Belêco, a Lanchonete do Belêco e a R&R Pizzaria e Sorveteria. Comemos no Espeto, por R$45,00 os quatro, com direito a ovo frito, arroz, feijão tropeiro, mandioca cozida, vinagrete e espetinhos.

Depois, fomos tomar um sorvetinho na sorveteria, que foi mais ou menos R$1,50 por pessoa (o sorvete é por quilo).

2º  dia

Na sexta, já colocamos todas as malas na caçamba (devidamente ensacadas pra não pegar poeira) e partimos em direção a Mateiros, já parando no caminho para os passeios. Nesse dia fizemos os Cânions de Sussuapara, a Cachoeira da Velha, a Prainha e o Pôr do Sol nas Dunas.

A noite, fomos comer no Restaurante da Dona Rosa. Pelo o que percebemos, todas as agências também param por lá. O valor é de R$15,00 por pessoa com comida à vontade. A comida é caseira e bem gostosa e a Dona Rosa é uma simpatia. Ela está construindo uma nova ala pro restaurante, na frente do já existente.

Depois fomos tomar sorvete na Sorveteria do Carioca, que tem vários sabores regionais. O de coco com mandioca foi sucesso absoluto entre nós. Além disso, não vimos muita coisa pra fazer à noite, além do Pancadão do Forró, que atrapalhou um pouquinho nosso sono rs!! Não sabemos se alguma das pousadas tem restaurante dentro, vale a pena checar.

3º  dia

No sábado, as malas voltaram pra caçamba e partimos de novo em direção a Ponte Alta, parando no caminho para conhecer o Fervedouro, a Comunidade Mumbuca (Capim Dourado) e a Cachoeira da Formiga. O passeio durou meio dia. No retorno paramos para almoçar no Restaurante da Dona Rosa.

De Mateiros para Ponte Alta o percurso é de 3:30 horas de estrada de terra, bem cansativo. Como nosso voo de volta no domingo saía às 6:00 e como de Ponte Alta até Palmas seriam mais 2:00, o que significaria ainda menos tempo de sono, optamos por voltar direto de Mateiros a Palmas. A viagem inteira de uma vez só ficou super longa. Caso nosso voo saísse mais tarde, teríamos dormido novamente em Ponte Alta.

Chegamos à noite bem cansados em Palmas, comemos e dormimos cedo, para sair às 5:00 do domingo em direção ao aeroporto.

Perguntamos pro guia o que fazer se tivéssemos mais dias e ele indicou a trilha da Serra do Espírito Santo (o passeio dura um dia inteiro e de cima da Serra é possível ver todas as dunas) e o rafting no Rio Novo (também dura um dia inteiro).

Continua aqui.

Advertisements

2 thoughts on “Nosso Roteiro do Jalapão

  1. Pingback: Jalapão – Como Programar a Viagem | Diários de Férias

  2. Pingback: Passeios no Jalapão | Diários de Férias

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s